icone facebookTwitterInstagram


Florianópolis (22/4/2010) - Santa Catarina terá o Dia D de Vacinação contra a Gripe A neste sábado, 24 de abril. Os postos de saúde de todos os municípios catarinenses estarão abertos das 8 às 17 horas para vacinar adultos de 20 a 29 anos, gestantes, crianças de 6 meses a 1 ano 11 meses e 29 dias e doentes crônicos de qualquer idade. Paralelo a isso, os idosos começarão a receber doses da vacina contra a Gripe Comum. Somente os maiores de 60 anos com doenças crônicas receberão as duas vacinas, simultaneamente.
Ao mesmo tempo em que a Secretaria de Estado da Saúde (SES) anuncia o primeiro caso confirmado de Gripe A deste ano em Santa Catarina, ocorrido neste mês em um homem de 34 anos, morador de Papanduva e que está internado em um hospital de Mafra, os técnicos de saúde reforçam a importância da vacinação, como medida preventiva, e da adoção das normas básicas de higiene, para evitar a proliferação do vírus H1N1.
O Dia D vai marcar o encerramento da segunda e da terceira etapas de vacinação contra a Gripe A e abrir a quarta fase da campanha - voltada aos idosos com doenças crônicas. Além disso, dá início à imunização dos maiores de 60 anos contra a Gripe Comum, realizada anualmente no Brasil. A vacinação dos idosos, tanto da Gripe A como da Gripe Comum, será realizada até o dia 7 de maio. A meta da SES é imunizar 600 mil idosos, sendo que 200 mil devem receber as duas doses.
Desde o início da campanha, em 8 de março, até a tarde desta quinta-feira, 22 de abril, o vacinômetro da Vigilância Epidemiológica estadual havia registrado a imunização de 1,1 milhão de pessoas contra a Gripe A em Santa Catarina. O objetivo é aplicar 2,8 milhões de doses até 21 de maio, quando será encerrada a estratégia de vacinação.
Os grupos dos profissionais de saúde, índios e crianças de 6 meses a menores de 2 anos já atingiram as metas. No entanto, as gestantes, os doentes crônicos de até 60 anos e os adultos de 20 a 29 anos ainda precisam procurar os postos de saúde até o próximo sábado (24). Nesses grupos, foram vacinados 70%, 45% e 57% do público-alvo, respectivamente. O objetivo é imunizar pelo menos 80% das pessoas de cada grupo.
Para fechar a estratégia, a quinta e última etapa da vacinação será formada por adultos saudáveis de 30 a 39 anos e ocorrerá de 10 a 21 de maio. A campanha vai beneficiar tanto os contemplados com a vacina gratuita através do Sistema Único de Saúde (SUS) quanto os cidadãos que não receberem a vacina, pois, com a imunização de metade da população catarinense, a circulação do vírus será reduzida de forma considerável em Santa Catarina.
A Vigilância Epidemiológica reforça, mesmo assim, a necessidade de as pessoas continuarem adotando as recomendações de higiene, como lavar a mão frequentemente com água e sabão, especialmente depois de tossir ou espirrar, depois de usar o banheiro, antes de comer, antes e após tocar os olhos, a boca e o nariz; ao tossir ou espirrar, cobrir a boca e o nariz com um lenço, de preferência, descartável; evitar aglomerações, ambientes fechados e contato com pessoas doentes; e ter hábitos saudáveis, que incluam alimentação balanceada, ingestão de bastante líquido e prática de atividades físicas. Ambientes com aglomeração de pessoas devem manter as portas e as janelas abertas, já que os principais meios de transmissão da Gripe A são através da tosse, espirro ou de contato com secreções respiratórias de pessoas contaminadas. Quem apresentar febre alta repentina e tosse deve procurar imediatamente o serviço de saúde e evitar a automedicação.