icone facebookTwitterInstagram

Nesta terça-feira, 17 de dezembro, comemoramos um ano do nascimento de Esther, o primeiro bebê nascido na nova maternidade do Hospital Materno-Infantil Santa Catarina (Hmisc).

A data também marca um novo momento para o hospital, que realizava o primeiro parto após 21 anos, desde que deixou de ser particular e passou a ser público, administrado pela prefeitura e hoje pela Secretaria de Estado da Saúde e o Instituto de Desenvolvimento, Ensino e Assistência à Saúde (Ideas).

“Meu eterno agradecimento, em nome de toda minha família, por tudo o que foi de melhor que a equipe do hospital nos proporcionou. Porque no momento certo uma grávida precisa de carinho e tranquilidade, e tudo isso e muito amor eles nos deram. Que Deus abençoe cada um. Nenhum hospital particular me daria um atendimento desses”, afirma a mãe de Esther, Daniele Vefago Peruchi.

A filha do casal Daniele e Odair e irmã do primogênito Jorge Francisco veio ao mundo de parto natural às 16h29min, com 3,092 quilos e 47 centímetros. Foi um trabalho de parto rápido, de menos de meia hora desde a chegada da mãe ao hospital. “O trauma do parto do primeiro filho passou depois do melhor momento que me fizeram passar no segundo parto. Gratidão é a palavra”, conta Daniele. Nove meses depois aquele bebê deu os primeiros passos e hoje está um “furacão”, conta a mamãe-coruja.

2.5 mil Nascimentos

Desde Esther, e até segunda-feira, 16, ao meio-dia, outros 2.584 bebês nasceram no Hmisc, sendo, no total, 1.327 meninas e 1.258 meninos – uma média de 215 nascimentos por mês. No período foram realizados 2570 partos, sendo 1367 normais e 1.203 cesáreas. A diferença entre nascimentos (2.585) e partos (2.570) ocorre em razão da ocorrência de registro de gêmeos e trigêmeos desde dezembro passado.

O milésimo bebê nasceu às 23h30min do dia 9 de maio. Laura Aguiar veio ao mundo de parto normal, com 49,5 centímetros e 3,4 quilos. Ela é filha de Gabrieli dos Santos Zeferina, 19 anos, e de Dillan Agostinho Aguiar, 23 anos, que moram em Balneário Rincão. Já o bebê 2 mil nasceu às 13h13min de 18 de setembro. Daniel veio ao mundo por cesárea gemelar, com 2,270 quilos e 44,7 centímetros.

O irmão Danilo, que nasceu dois minutos antes, pesou 2,158 quilos e 44 centímetros. Eles são filhos de Mariana Rodrigues e Gabriel da Silva, também moradores de Balneário Rincão. Logo após o parto, os irmãos foram encaminhados para acompanhamento na UTI neonatal devido à prematuridade.

Banco de Leite

Nos últimos 12 meses, nasceram 619 bebês prematuros no Hmisc. Para dar suporte a estas crianças e a outras internadas na UTI neonatal, em 15 de agosto foi aberto o Banco de Leite Humano Dr. Dino Gorini, nome em homenagem ao primeiro médico obstetra da instituição. Nestes quatro meses de atividades, a unidade soma 34 doadoras cadastradas e já processou 40,2 litros. Hoje atende oito crianças internadas na UTI.

“Foi um ano de muitas vitórias, muitos obstáculos e dificuldades superadas graças à equipe sensacional do Hmisc, que é referência no atendimento materno-infantil para toda a região Sul de Santa Catarina”, comemora o superintendente do Ideas, Sandro Demétrio. O Hmisc hoje atende a população das associações da Região Carbonífera (Amrec), da Região de Laguna (Amurel) e do Extremo-Sul Catarinense (Amesc) em um total de 41 municípios.