icone facebookTwitterInstagram

Florianópolis, 27 de novembro de 2015

Se fosse um país, no ano de 2014 Santa Catarina alcançaria a terceira posição mundial em transplantes de órgãos. O resultado é creditado ao trabalho desenvolvido pela SC transplantes em notificação, captação e distribuição de órgãos e tecidos, razão pela qual a entidade foi homenageada na noite desta quinta-feira (26), em sessão especial realizada na Assembleia Legislativa.

Durante a solenidade, proposta pela Mesa Diretora da Casa, também foram destacadas as entidades e personalidades que contribuíram para a consolidação da SC Transplantes.

Instituída em 21 de setembro de 1999, a SC Transplantes é uma gerência da Secretaria de Estado da Saúde (SES). Sua estrutura foi elaborada com base no modelo de doação utilizado na Espanha. Além da coordenadoria, existem grupos nos hospitais, compostos por funcionários das próprias unidades de saúde, que atuam na identificação de potenciais doadores e no apoio às famílias na ocasião da morte do paciente. O sistema catarinense é considerado pelo Registro Brasileiro de Transplantes o mais organizado e eficiente entre os estados brasileiros, resultando em um índice de 34 doadores de órgãos por milhão de população (p.m.p.), contra uma média de 14 p.p.m. no restante do país.

Assista ao vídeo institucional da SC Transplantes exibido na solenidade.

Segundo o coordenador da SC Transplantes, Joel de Andrade, a preparação contínua dos agentes que atuam na captação de órgãos é uma das razões dos bons resultados apresentados por Santa Catarina. “Quanto mais investimos em educação, em treinamento, para que os profissionais possam acolher da melhor forma estas famílias, diminuindo-lhes a dor pela perda de um ente querido, mais aumentamos também as chances de uma doação.”

Mas nada acontece, ressaltou Andrade, sem a motivação dos familiares dos potenciais doadores em querer ajudar. “Não existe nesse sistema nenhum componente mais importante que a família, que no meio da sua dor, reúne forças para auxiliar outras pessoas. Isso é o cúmulo da solidariedade do ser humano. As famílias são as grandes protagonistas do sistema.”

A preocupação social das famílias doadoras também foi destacada pelo secretário de Estado da Saúde, João Paulo Kleinübing, que no evento representava o governador do Estado Raimundo Colombo. "Nada disso que estamos celebrando hoje seria possível se não fosse o gesto de amor dessas famílias de doadores que nos inspiram com suas histórias de dor, esperança e superação", destacou o secretário. “Não há amor maior do que aquele que dá a vida a seu irmão”, acrescentou, citando uma passagem bíblica.

Ato de solidariedade

O empresário do município de Biguaçu, Jócio Nicodemos Martins, que representou os homenageados, foi uma destas pessoas que, em um momento difícil, pensaram no bem-estar do próximo. Em dezembro de 2012, ele foi abordado por uma equipe do SC Transplantes depois de receber a notícia da morte cerebral de seu filho Tiago, de 20 anos, hospitalizado após bater a cabeça em uma queda de skate. A doação dos órgãos do estudante universitário possibilitou auxílio a oito pessoas. “Meu filho nunca falou esse assunto, mas ele era doador de sangue e esse fato foi fundamental para a nossa decisão. Acredito que isso possa servir de exemplo para muitas famílias, pois tudo o que podemos fazer de melhor para as pessoas, devemos fazer.”

Para o deputado Leonel Pavan (PSDB), que conduziu a solenidade, são atos de generosidade como o adotado por Martins que fazem do estado catarinense uma referência no setor de transplantes. “Esta sessão foi convocada em gratidão a todos os envolvidos no processo de captação dos órgãos e tecidos para transplante, em especial às famílias que autorizaram as doações. Não alcançaríamos essa situação sem essas famílias, que optam por doar para outras pessoas. Santa Catarina está melhor graças ao trabalho de todos vocês.”

Homenageados pela Assembleia

- Sistema Estadual de Transplantes, representado pelo coordenador da entidade, Joel de Andrade, e pelo secretário de Estado da Saúde de SC, João Paulo Kleinubing

- Jócio Nicodemos Martins, em nome de sua família, pela iniciativa da doação dos órgãos de Tiago Martins

- Polícia Civil do Estado de Santa Catarina

- Polícia Militar de Santa Catarina

- Comissão Intergestores Bipartite e o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Santa Catarina

- Associação de Hospitais do Estado de Santa Catarina e Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Santa Catarina

- Hospital Santa Isabel, de Blumenau

- Hospital Municipal São José, de Joinville

- Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, de Lages

- Hospital e Maternidade São José, de Jaraguá do Sul

- Centro de Pesquisas Oncológicas (Cepon)

- Vanderlei Romer, desembargador do Tribunal de Justiça de Santa Catarina

- Valter Duro Garcia, responsável pela Unidade de transplante de Rins e Pâncreas na Irmandade Santa Casa de Misericórdia, de Porto Alegre

- Gilberto Kremer, médico captador de múltiplos órgãos da Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina e do Hospital Universitário de Florianópolis

- Mauro Igreja, médico captador de múltiplos órgãos do Hospital Santa Isabel, de Blumenau, e do Hospital Universitário, de Florianópolis

- Mara Regina Grando, Servidora da Secretaria de Estado da Saúde e ex-assessora da Superintendência de Serviços Especializados e Regulação

- Charlene Verusa da Silva, enfermeira e ex-coordenadora de Transplantes do Hospital Santa Isabel

- Vigilância Sanitária da Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina

- Grace Ella Berenhauser, gerente de Contratualização dos Serviços do SUS da Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina

- Cesar Augusto Korczaguin, gerente do Samu e ex-gerente da SC Transplantes

- Irmã Enedina Sacheti, presidente da Sociedade Divina Providência

Hemosc

- Associação dos Pacientes Renais de Santa Catarina (Apar)

- Central de Transplantes do Estado do Paraná (CNCDO/PR)

- Central de Transplantes do Estado do Rio Grande do Sul (CNCDO/RS)

- Central de Transplantes do Estado de São Paulo (CNCDO/SP)

- Agência Propague

- Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão (Acaert)

- Superintendência dos Hospitais Públicos

- Superintendência de Serviços Especializados e Regulação (SUR)

- Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos

- Associação Catarinense de Terapia Intensiva (Socati)

Homenageados pela SC Transplantes

- Juan Galan Torres, atual coordenador de Transplantes de Valência, Espanha

- Enio José Voltolini, ex-secretário de Estado da Saúde de SC

- Fernando Coruja, deputado estadual e ex-secretário de Estado da Saúde de SC

- Luiz Eduardo Cherem, conselheiro do Tribunal de Contas de SC e ex-secretário de Estado da Saúde de SC

- Carmen Zanotto, deputada federal e ex-secretária de Estado da Saúde de SC

- Roberto Eduardo Hess de Souza, médico e ex-secretário de Estado da Saúde de SC

- Dalmo Claro de Oliveira, deputado estadual e ex-secretário de Estado da Saúde de SC

- Tânia Maria Eberhardt, diretoria do Hospital Hans Dieter Schmidt, de Joinville, e ex-secretária de Estado da Saúde de SC