icone facebookTwitterInstagram

Florianópolis, 19 de novembro de 2014.

A partir do próximo ano, as 13 unidades hospitalares da Secretaria de Estado da Saúde (SES) irão contar com um novo sistema de Banco de Marcas para avaliar o material adquirido pela administração. A tarefa, que hoje é feita por meio de planilhas eletrônicas, será online, dando mais agilidade nos processos de avaliação e compra. O novo Banco de Marcas da SES foi apresentado em reunião com superintendentes, diretores e gerentes administrativos dos hospitais na tarde da última terça-feira, 18.

Desenvolvido inicialmente apenas para armazenar informações, o sistema a ser implantado controla desde a definição de solicitação, entrega de amostras, avaliação hospitalar e técnica até as queixas, além de realizar o rastreamento de todo o trâmite de aprovação ou reprovação de marcas. “Com isso, será possível diminuir o tempo de avaliação, dando agilidade ao processo licitatório e a compra de material de enfermaria e cirurgia e equipamentos hospitalares em geral”, explica a gerente de Planejamento da Demanda de Bens e Serviços, Karen Sabrina Bayestorff Duarte.

Santa Catarina é o primeiro estado a implantar um sistema de banco de marcas totalmente online para controle do processo de amostras. Hoje, os fornecedores têm suas marcas avaliadas após a licitação. A partir do decreto que definirá a pré-qualificação de marcas, somente empresas que tiveram aprovação das suas estarão aptas para participar da concorrência. “O sistema  nos fornecerá subsídio de qualidade e segurança na aquisição de materiais para os hospitais do Estado”, reforça Karen. O decreto está em análise no Departamento Jurídico da SES para ser encaminhado à Secretaria de Estado da Administração (SEA) em seguida.

Além de facilitar o serviço das comissões de enfermaria e cirurgia que hoje avaliam cada produto, o novo sistema oferecerá a possibilidade de um controle permanente, por meio de auditorias, e um acompanhamento preciso do andamento de cada item avaliado.

Perspectivas para 2015

- Acesso a consulta pública das marcas aprovadas;

- Implantação da Avaliação Hospitalar on-line;

- Implantação da Queixa Técnica on-line

- Avaliação de implantação de integração ao SCCD;

- Avaliação de implantação de integração ao SGP-e;

- Confecção de POP, (Procedimento Operacional Padrão), disponível para acesso no sistema.