icone facebookTwitterInstagram

Balanço Parcial de Vacinação contra a Covid-19 divulgado nesta sexta, 26, traz um aumento de 66.802 doses aplicadas no estado em um comparativo com o balanço anterior divulgado na quarta, 24. De acordo com o balanço foram aplicadas, até o momento, 639.223 doses (D1 + D2) da vacina nos grupos prioritários. Destas, 508.899 correspondem a Dose 1 (D1) e 130.324 a Dose 2 (D2).

“Com o recebimento semanal de novas doses da vacina, temos conseguido intensificar e acelerar a vacinação em todo o estado. O resultado tem sido bastante positivo e o trabalho dos municípios tem sido fundamental nesse processo”, avalia João Augusto Brancher Fuck, diretor da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE/SC).

66

Neste momento, estão sendo vacinados no estado os trabalhadores da saúde, os idosos e pessoas com deficiência institucionalizados, a população indígena, os idosos com 70 anos ou mais e os quilombolas. Os idosos com idade entre 69 e 65 anos também começam a ser vacinados.

Os dados do Balanço são fornecidos pelos municípios catarinenses e compilados pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE/SC).

Confira aqui o balanço parcial atualizado da vacinação contra a Covid-19 em Santa Catarina por municípios (26/03/2021).

SC recebeu 141,4 mil novas doses da vacina nesta sexta, 26

Santa Catarina recebeu no início da tarde desta sexta, 26, uma nova remessa com 116.200 doses da vacina Sinovac/Butantan e 25.200 doses da AstraZeneca/Fiocruz. As doses foram encaminhadas para a Central Estadual de Rede de Frio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE) que já iniciou a distribuição para às 17 unidades descentralizadas de Vigilância Epidemiológica (UDVES) das Regionais de Saúde de Santa Catarina. Todas as doses serão distribuídas até sábado, 27.

As doses desta remessa, assim como as das duas remessas anteriores, serão distribuídas integralmente para a aplicação da dose 1. O Ministério da Saúde já garantiu a disponibilização da dose 2 para que o esquema vacinal de duas doses seja finalizado em tempo oportuno, que é em um intervalo de 2 a 4 semanas no caso da vacina Sinovac/Butantan e em um intervalo de 3 meses no caso da AstraZeneca/Fiocruz.

Mais informações para a imprensa:
Amanda Mariano, Bruna Matos e Patrícia Pozzo
Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) / SES
Fone: (48) 3664-7406 | 3664-7402
Plantão: (48) 98853-3325
E-mail: divecomunicacao@saude.sc.gov.br
www.dive.sc.gov.br