icone facebookTwitterInstagram

Timbó, 1º de Agosto de 2017

A Semana Mundial do Aleitamento Materno de 2017, que ocorre no período de 1º a 7 de agosto e tem o apoio da Organização Mundial de Saúde, traz o tema “Trabalhar juntos para o bem comum”. Assim como em anos anteriores, municípios pertencentes à 34ª Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) também elaboraram uma programação especial para celebrar a data.

Em Timbó, quem irá promover os eventos alusivos à Semana Mundial do Aleitamento Materno é a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde. Na quarta-feira, 2,ocorrerá a abertura da semana com Roda de Amamentação no Parque Central a partir das 14h. Caso chova, o evento será transferido para o saguão da Policlínica.

No dia 9 de Agosto, será realizada uma palestra para os profissionais da Saúde, com o tema “Processo de Trabalho e apoio a dupla mãe e bebê“ a partir das 13h, na Câmara de Vereadores de Timbó. Já às 19h haverá a palestra “Aleitamento Materno” voltada para famílias com bebês, gestantes e profissionais de saúde.

No município de Benedito Novo, será realizado o 1º Mamaço na Praça, nesta sexta-feira, 4, às 9h, na Praça das Bandeiras. Em caso de chuva, o Mamaço será transferido para o Centro de Eventos. Já em Indaial ocorrerá o “II Gira Mama”, também em comemoração à Semana Mundial do Aleitamento Materno, no dia 16 de Agosto, às 14h, no Salão Paroquial da Igreja Santa Inês.

Segundo a gerente de Saúde da ADR de Timbó, Arrabel Antonieta Lenzi Murara, dentre os benefícios da amamentação está o fortalecimento da imunidade dos bebês, diminuindo os riscos de alergias e evitando doenças futuras. “O leite materno também combate a anemia e ajuda no desenvolvimento cognitivo do bebê. Além disso, a amamentação faz com que o bebê se sinta mais seguro e tranquilo, evitando o choro e a ansiedade na criança, bem como tem papel importante no sistema nervoso da mãe, diminuindo o estresse”, afirma Murara.

Para saber mais sobre a programação da Semana Mundial do Aleitamento Materno de 2017 na 34ª ADR, entre em contato com a Secretaria de Saúde de seu município e participe.