icone facebookTwitterInstagram

Florianópolis, 13 de julho de 2017

O secretário de Estado da Saúde, Vicente Caropreso, esteve reunido na manhã desta quinta-feira, com a equipe técnica da central de Telemedicina de Santa Catarina, localizada no prédio do Anexo I, na rua Esteves Júnior, centro da capital. O sistema operacional do programa foi criado em 2005 pela Secretaria da Saúde em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

A Telemedicina atua nos municípios catarinenses realizando telediagnóstico e também oferecendo suporte tecnológico. Atualmente, a rede de telediagnóstico possui 620 pontos de realização de exames distribuídos pelo estado, sendo 335 para exames de eletrocardiograma e 285 pontos de teledermato. Mais de 230 mil exames foram realizados em 2016.

Somente no mês de Junho deste ano, o sistema de Telemedicina emitiu mais de 20 mil laudos de exames à distância. Foram 20.093 telediagnósticos de eletrocardiograma e dermatologia, respectivamente.

A Telemedicina catarinense tem a proposta de facilitar o acesso do cidadão aos exames de média e alta complexidade e fornecer laudos médicos à distância. Com isso, o paciente não precisa se deslocar de uma cidade à outra para consultas médicas e realização de exames. 

alt

 

Foto: Robson Valverde