icone facebookTwitterInstagram

Florianópolis, 9 de junho de 2016

A Secretaria de Estado da Saúde inaugurou na manhã desta quinta-feira, 9, a revitalização da “Unidade de Internação Dr. Waldemar Maya Montojos – Tisiologia" do Hospital Nereu Ramos, de Florianópolis, unidade de saúde estadual que é referência em infectologia e pneumologia. A ala possui 20 leitos para pacientes com tuberculose e nos últimos quatro meses esteve parcialmente interditada para a realização de melhorias. O investimento foi de R$ 350 mil com recursos provenientes do Ministério Público do Trabalho da 12ª Região viabilizados pelo Grupo de Voluntários Amigos do Hospital Nereu Ramos.

"O Nereu é uma das mais mais antigas e tradicionais instituições a prestar relevantes serviços de saúde no Estado. Tem uma história construída pela abnegação de seus servidores e voluntários. E agora ainda conta com o reforço dessa importante parceria com o o Ministério Público e TRT que só vem a reforçar a nossa ideia de agregar forças em prol da saúde dos catarinenses", destacou o secretário de Estado da Saúde, João Paulo Kleinübing. Com quatro leitos de isolamento e 16 de enfermaria, a unidade de internação recebeu pinturas nas paredes, novas divisórias, pisos e portas foram trocadas, além de as portas dos banheiros terem sido alargadas para facilitar a acessibilidade das pessoas que utilizam cadeiras de rodas. 

alt

Foto: Eduardo Correia

A obra de revitalização durou quatro meses e foi feita em três etapas: primeiro foram reformados sete leitos, depois outros sete e, na última etapa, os seis restantes. "Temos de parabenizar  as voluntárias, os servidores, o secretário Kleinübing e o diretor Antônio Miranda, sempre muito combativo e competente, pela revitalização desta unidade", destacou o secretário adjunto, Murillo Capella. Para o diretor Miranda, a parceria com o Ministério Público do Trabalho e com os voluntários do hospital foi fundamental para a realização da obra. “Há tempos esta unidade precisava de reforma. Agora nossos pacientes terão atendimento em um ambiente adequado e mais espaçoso, além dos profissionais de saúde terem melhores condições de trabalho no setor”, explicou Miranda. “É importante destacar que em nenhum momento a unidade foi fechada para reforma. Todos os pacientes da tisiologia receberam atendimento normal, sem prejuízo algum”, acrescentou o diretor.

Logo após a reabertura da ala revitalizada, o secretário Kleinübing e o diretor Antônio Miranda visitaram o canteiro de obras da ampliação do Hospital Nereu Ramos, que prevê também a revitalização da unidade e reforma da farmácia e do almoxarifado. A obra, com previsão de término para este ano, tem investimento de R$ 1,6 milhão com recursos do Pacto por SC. 

 alt

Foto: Eduardo Correia