icone facebookTwitterInstagram

Florianópolis,18 de abril de 2016.

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica e a Diretoria de Vigilância Sanitária da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgaram, na última sexta-feira (15), um documento conjunto com .medidas de prevenção da gripe em ambientes escolares. O objetivo é estabelecer as medidas recomendadas para evitar a disseminação do vírus da gripe nas escolas, como higiene pessoal, higiene ambiental, entre outras. O documento também busca orientar os gestores escolares sobre como proceder no caso de funcionários e estudantes apresentarem os sintomas da doença.

Importante destacar que as escolas e outros estabelecimentos de ensino têm um papel muito importante na prevenção da gripe, devido à possibilidade de contágio e rápida disseminação da doença entre os seus alunos e profissionais. No documento consta a recomendação orientando as escolas a elaborem um Plano de Contingência para enfrentamento da gripe, reforçando as medidas sanitárias cabíveis.

O documento reforça que "as escolas deverão, assim, estar preparadas para a adoção de medidas adequadas de prevenção e contenção desta doença, em estreita articulação com os pais ou encarregados de educação e a Unidade de Saúde Pública. É fundamental garantir informação sobre as medidas de prevenção - higiene pessoal e do ambiente escolar - que deverão ser adaptadas. A informação e o envolvimento dos alunos e dos pais devem ser ativamente promovidos. Nesse sentido, convém elaborar um cronograma de reuniões para esclarecimento e formação de profissionais, pais e alunos”. O documento é assinado por Eduardo Macário, diretor de Vigilância Epidemiológica (DIVE), e Raquel Ribeiro Bittencourt, diretora de Vigilância Sanitária (DVS).