icone facebookTwitterInstagram

Os avanços na cobertura vacinal que vem provocando a redução nos índices de internação e mortalidade por Coronavírus possibilitaram ao Governo do Estado de Santa Catarina, recomendar uma evolução nos regramentos sanitários. 

Com o novo decreto, publicado nesta quarta-feira, 24, está permito o funcionamento integral dos estabelecimentos que promovam eventos corporativos, feiras de negócios, eventos sociais, shows e entretenimento, inclusive esportivos, cumprindo os protocolos de evento seguro com apresentação de comprovante vacinal ou testagem, máscaras e distanciamento de 1,0 m. Além disso, torna-se opcional o uso de máscaras para a população em ambientes abertos sem aglomeração, mas fica mantida a obrigatoriedade do uso de máscaras em ambientes fechados, sejam públicos ou privados, no transporte público e em ambientes abertos com aglomerações.

Para chegar a esse entendimento, o Estado levou em conta a evolução dos índices de vacinação em todos os municípios catarinenses, aliado a uma redução do contágio, do número de hospitalizações, da redução na ocupação de leitos de UTI, queda no número de mortes por Covid-19 e manutenção do potencial de risco no nível moderado para a maioria das regiões.

Dentre os dados observados está o índice de vacinação, já são mais de 11 milhões de doses aplicadas e aproximadamente 500 mil pessoas que já receberam a dose adicional.WhatsApp Image 2021-11-25 at 17.06.28.jpeg

Santa Catarina é o terceiro Estado com a maior proporção adultos vacinados no Brasil, atrás apenas de São Paulo e Mato Grosso do Sul. Com um total de 4.803.377pessoas com 18 anos ou mais de idade completamente imunizados com as duas doses ou a dose única, o que equivale a 86,2% de cobertura vacinal nessa população, chama atenção também a homogeneidade dessa cobertura em relação aos municípios, já que 203 municípios (69%) possuem coberturas em adultos acima de 85%, 66 (22%) estão com coberturas entre 75 e 84%, 20 (7%) estão entre 65 a 74% e apenas 6 (2%) estão com coberturas abaixo de 65%.

WhatsApp Image 2021-11-25 at 19.40.53 (1).jpeg

*Proporção de municípios segundo cobertura vacinal na população adulta (18 anos e mais). Santa Catarina, 25/11/2021.

Já em relação a população total, a Cobertura Vacinal no Estado é de 67,3%, o que também coloca entre as maiores coberturas vacinais do país, e dos 295 municípios catarinenses, 221 (75%) já alcançaram 65% da população total completamente imunizada.

WhatsApp Image 2021-11-25 at 19.40.53.jpeg

*Proporção de municípios segundo cobertura vacinal na população total. Santa Catarina, 25/11/2021.

Outro dado importante é a redução constante no número de internações.  Nesta quinta-feira, segundo o painel de leitos, há a ocupação de 32,66% dos leitos direcionados ao tratamento da Covid-19.  Além disso, são 560 leitos de UTI geral disponíveis no Estado, que podem ser utilizados também no pós-operatório.

A queda na média móvel de casos, também vem acontecendo de forma constante. O Estado apresentou uma redução de 15% nos últimos 7 dias, e vem apresentando uma média diária de 600 casos novos, a menor desde outubro de 2020.

No recorte dos casos ativos, também há uma redução significativa.  Atualmente, SC  apresenta uma média de 4.272 casos ativos, a menor desde outubro de 2020. 

WhatsApp Image 2021-11-25 at 19.31.17.jpeg

Quanto aos casos graves (hospitalizações por Síndrome Respiratória Aguda Grave – SRAG), é possível o observar uma queda expressiva a partir da segunda quinzena de junho. Dessa forma, houve uma redução na pressão hospitalar em todas as regiões. Atualmente, há uma indicação de estabilidade, com aproximadamente 308 novas hospitalizações semanais.

Em relação aos óbitos por Covid-19, média móvel está em 11 óbitos registrados por dia, indicando uma redução de 14% em relação a média da semana anterior, que foi de 13 óbitos. Santa Catarina também se destaca na baixa letalidade, enquanto no Brasil, a taxa 2,8% em SC o valor chega a 1,6% um dos mais baixos do país.

mapa.JPG

Todos esses resultados vêm sendo representados na Matriz de Risco para COVID-19 de Santa Catarina, em que pela sétima semana consecutiva, nenhuma região do estado foi classificada nos níveis de risco Grave (laranja) ou Gravíssimo (vermelho). A última matriz divulgada, no dia 13 de novembro, aponta 13 regiões como risco potencial moderado (cor azul) e 4 regiões como risco potencial alto (cor amarela). O aumento das taxas de cobertura vacinal, alinhado a uma menor taxa de ocupação de leitos de UTI Adulto com pacientes diagnosticados com Covid-19 são os principais responsáveis pela melhoria nos indicadores.

matriz.JPG

Mais informações para a imprensa:
Karla Lobato
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br