icone facebookTwitterInstagram

Portaria publicada pelo Ministério da Saúde nesta quinta-feira autorizou o funcionamentos de 20 leitos de retaguarda no Hospital do Rio Maina, em Criciúma. O valor a ser repassada para a unidade é de R$ 960 mil.

O Centro Retaguarda para pacientes com Covid-19 do Hospital Rio Maina, dará suporte às unidades da região nos casos de coronavírus. O local será destinado para confirmados da doença encaminhados pelos Centros de Triagem.

A portaria 809 autorizou 867 leitos de UTI adulto e cinco leitos de UTI pediátrica para atendimento de pacientes graves com Covid-19. A autorização, em caráter excepcional e temporário, é mais uma ação da pasta em apoio aos estados, Distrito Federal e municípios para reforço do Sistema Único de Saúde (SUS) no enfrentamento da pandemia.

Foram beneficiados vários municípios nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e o Distrito Federal, conforme portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU). O valor total do repasse mensal será de mais de R$ 41,8 milhões, correspondente à abril.

Como Funciona a Autorização

O pedido de autorização para o custeio dos leitos covid-19 é feito pelas secretarias estaduais e municipais de saúde, que garantem a estrutura necessária para o funcionamento dessas unidades. Para a autorização, basta que estados e municípios cadastrem a solicitação na plataforma SAIPS observando os requisitos necessários. Os critérios são objetivos, para dar celeridade e legalidade ao processo e garantir o recurso necessário o mais rápido possível.

Mais informações para a imprensa:
Fabrício Escandiuzzi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 99913-0316
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
www.saude.sc.gov.br
@saude.sc