icone facebookTwitterInstagram

“Na pandemia convivi com muitas tristezas e alegrias. Essa vacina é uma conquista para nós profissionais de saúde", se emocionou a técnica de enfermagem Nadir da Silva, 49 anos, logo após ser imunizada. Nadir é uma das catarinenses que receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 nesta terça-feira, 19, quando municípios em todas as regiões iniciaram a campanha. Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Blumenau e Joinville são algumas das cidades que começaram a aplicar o imunizante, após receber as doses enviadas pelo Governo do Estado.

Isabela Fernandes da Silva foi uma das imunizadas. Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

No total, foram transportadas 71 mil doses às regionais de saúde nesta terça, que foram distribuídas entre todos os 295 municípios catarinenses.

Nadir da Silva comemora

No Hospital Florianópolis, unidade da Secretaria de Estado da Saúde administrada sob a gestão do Instituto Maria Schmitt (IMAS), o clima era de muita emoção na manhã desta terça-feira. A primeira a ser vacinada foi Nadir da Silva. A profissional, que atua na linha de frente desde o início da pandemia, trabalha há sete anos na unidade da SES. Ela foi imunizada pelo enfermeiro Gabriel Mendes e vibrou ao lado de colegas após receber a dose.

>> Mais fotos na galeria

No Hospital Regional de Chapecó, o primeiro a ser vacinado foi o vice-cacique Samuel Renhko Farias Candido. “Foi tranquilo. É um privilégio para o povo indígena receber essa proteção contra a doença”, disse. Com 1.156 doses destinadas às aldeias Kondá e Toldo Chimbangue, o município terá condições de imunizar toda a população indígena acima de 18 anos.


Vacinação em Chapecó. Fotos: Divulgação / Prefeitura de Chapecó

Com 18 anos de serviços prestados no Hospital Regional do Oeste, a técnica em enfermagem Júlia Copetti, 50 anos, foi a primeira profissional de saúde a receber a vacina em Chapecó. Trabalhando desde abril na UTI Covid do hospital, Julia comemorou a oportunidade de se vacinar contra a Covid-19. “Muitos estão com medo da vacina, mas eu sinto gratidão”.

Nem os 19 anos de experiência em vacinação da auxiliar de enfermagem da Secretaria de Saúde, Ângela Maria Sartor, 48 anos, evitou um certo nervosismo na hora de imunizar os primeiros selecionados. “É uma emoção e uma alegria. Parecia que eu estava aplicando minhas primeiras vacinas. O último ano foi difícil, mas agora podemos fazer a prevenção contra a doença“, destacou.

Definições para envio às regiões

As definições sobre a distribuição foram confirmadas na noite desta segunda-feira, 18, durante reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Diante do quantitativo recebido do Ministério da Saúde, a SES definiu prioridades dentro dos grupos indicados na primeira fase do Plano de Vacinação. Sendo assim, nesta primeira etapa, deverão ser vacinadas 6.026 pessoas com 60 anos ou mais residentes em instituições de longa permanência (institucionalizadas), 263 pessoas a partir de 18 anos com deficiência em residências inclusivas (institucionalizados), 7.710 indígenas acima de 18 anos aldeados (vivendo em terras indígenas) e 54.385 trabalhadores de saúde.

Durante todo o dia, lotes de vacinas foram transportados por via terrestre e aérea para as regionais de saúde do estado.

Mais informações para a imprensa:
Fabrício Escandiuzzi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99913-0316
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br