icone facebookTwitterInstagram

A Matriz de Risco Potencial divulgada nesta quarta-feira, 2 de dezembro pelo Governo de Santa Catarina e Secretaria de Estado da Saúde classifica 15 das 16 regiões de saúde em alerta gravíssimo. Apenas o Extremo Oeste segue em nível grave.


Da semana passada para esta, subiram de nível as regiões do Alto Uruguai e Foz do Rio Itajaí. A taxa de transmissibilidade apresenta-se como gravíssima em 14 regiões.

Ainda de acordo com a Matriz, apenas as regiões do Planalto Norte e Extremos Oeste não tiveram um aumento no número de óbitos. No índice de capacidade de atenção, que mede a taxa de ocupação de UTIs, destaque para a elevação da região do Foz do Rio Itajaí, que na última semana se apresentava como moderado (cor azul) e agora encontra-se em gravíssimo (cor vermelha).

Desde o dia 24 de novembro, data de divulgação da última matriz, Santa Catarina registrou 46.545 novos casos e 325 óbitos causados pela covid-19.