icone facebookTwitterInstagram

Pequenos, frágeis, mas como uma força imensurável. Hoje, é celebrado o Dia Mundial da Prematuridade e para demonstrar toda a força desses pequenos gigantes, a equipe da UTI Neonatalda Maternidade Darcy Vargas promoveu diversas ações, entre elas, uma sessão de fotos temática.


Foto: Cristiano Daberkow



Pés e mãos tão pequeninos, pela macia e sensível, olhos entreabertos. Respirar ainda é um aprendizado. Os corpinhos tão pequenos, tão frágeis ultrapassam barreiras diárias, superam expectativas e estatísticas. Segundo a Organização Mundial da Saúde nascem anualmente cerca de 15 milhões de bebês prematuros, ou seja, àqueles nascidos antes das 37 semanas de gestação. Crianças que já vem ao mundo travando batalhas e a sessão fotográfica promovida pela equipe multiprofissional da UTI Neonatal da Maternidade Darcy Vargas quis demonstrar essa força.


Neste ano, 21 bebês participaram da ação. “A gente busca, nesse momento, mostrar a força e a garra dos bebês prematuros. Uma forma de demonstrar o amor da equipe para com as famílias”, explica a enfermeira Fernanda do Amaral Verbinen Nunes.


Com todo cuidado eles são vestidos de super-heróis e são fotografados pela técnica de enfermagem, Leila Daberkow, que se divide entre o amor pela fotografia e a dedicação aos prematuros. As fotos viram um presente para as famílias, trazendo um momento de tranquilidade em meio a uma situação de tanta apreensão.


As atividades do Dia Mundial da Prematuridade são desenvolvidas pela equipe desde 2013 e costumam reunir os profissionais da UTI e familiares de crianças que já tenham passado por ali ou que ainda estejam internados. Nesse ano, em função da pandemia, o evento foi adaptado. “Esse ano promovemos algo mais simples, fizemos as atividades dentro da UTI. Por coincidência, as terças-feiras é o dia que os familiares trazem os egressos para consultas então pudemos dar uma lembrancinha a cada um para lembrar desse dia tão especial”, destacou a médica Scheila Siebneicher.


Siebneicher reforça ainda que esses momentos são ainda mais importantes para as equipes que trabalham com os prematuros do que para as próprias famílias. “É um momento para lembramos da importância do nosso trabalho, da importância do cuidado, de lembramos dos sucessos e até mesmo dos fracassos. Nós lembramos das histórias e quando as famílias participam junto, é momento de recebermos carinho”, relata.

Mais informações para a imprensa:

Karla Lobato
Assessoria de Comunicação

Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br