icone facebookTwitterInstagram

PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA DA SES FORMA PRIMEIRA TURMA DE ESPECIALISTAS EM MEDICINA DE FAMÍLIA E COMUNIDADE

O Programa de Residência Médica da Secretaria de Estado da Saúde (SES) formou no dia 1º de março, às 14 horas, no Centro Integrado de Cultura (CIC), na capital, a primeira turma de médicos especialistas em Medicina de Família e Comunidade. Foram oito profissionais que a partir de agora atuarão nos municípios fortalecendo e qualificando ainda mais a Atenção Básica de Santa Catarina.

Este Programa de Residência Médica é inovador e é o único no país, em Medicina de Família e Comunidade, no formato multicêntrico, sendo desenvolvido em Rede de Integração Ensino-Serviço. Esta rede é uma parceria entre a SES, 32 municípios, instituições de ensino superior e a rede hospitalar própria do Estado e conveniada.

O Diretor de Educação Permanente em Saúde da SES, o Sr. Paulo Orsini, vem desde 2015 organizando a equipe para implantação desta residência. O Programa de Residência em Medicina de Família e Comunidade tem como objetivo contribuir para a formação de profissionais médicos com atuação na Atenção Básica de todo o Estado. Coopera para que os médicos participantes desenvolvam competências específicas como coordenação do cuidado, habilidade de comunicação, medicina baseada em evidência, trabalho em equipe multiprofissional e articulação comunitária.

O Médico de Família e Comunidade é o especialista que atende problemas relacionados com o processo saúde-enfermidade de forma integral e contínua no âmbito individual e familiar.

Mesa Diretiva com a Presença do Diretor de Educação Permanente em Saúde – DEPS

Dra. Carla M. T. Pulga – Representando o Secretário de Saúde da SES e a CCRM

Dra. Cássia Rabetti - Coordenadora do Programa de Residência de Medicina de Família e Comunidade

Dra. Amanda Leite - Oradora da turma

Formandos