icone facebookTwitterInstagram

O Hospital Infantil Joana de Gusmão (HIJG), de Florianópolis, implantou a Farmácia Satélite UTI, no dia 1º de julho, que atende exclusivamente UTI Geral e UTI Neonatal, 24 horas ininterruptamente. Com a nova farmácia, o hospital também dá início ao processo de prescrição eletrônica de medicamentos, em substituição às impressões em papel.

466

Fotos: Bruna Borges/HIJG

O diretor do HIJG, Maxiliano de Oliveira, explica que a farmácia é subdividida na parte administrativa, com a Central de Abastecimento Farmacêutico (CAF), e na assistencial, sendo que a intenção é ampliar o potencial de assistência farmacêutica clínica. “A proposta da nossa gestão é realmente levar o farmacêutico o mais próximo possível da área assistencial do hospital, ou seja, do paciente, podendo contribuir com o tratamento”, enfatiza.

Para o coordenador da Farmácia do HIJG, Iberê Pinheiro do Monte, o esforço da equipe multidisciplinar e da Direção deve ser destacado. “É uma semente para uma farmácia clínica no HIJG, otimizando recursos e gerando farmacoeconomia. Um passo audacioso e eficaz", enaltece.

O farmacêutico clínico supervisor da nova satélite, Henrique Bastiani, observa que, como as doses medicamentosas para a pediatria normalmente são pequenas, a farmácia satélite, por estar mais próxima dos pacientes das UTIs, consegue otimizar o uso dos medicamentos, diminuindo os custos.

A enfermeira-chefe da UTI Geral Pediátrica, Luana Beccari da Silva, considera a satélite uma grande conquista. “Era uma demanda de muitos anos, necessária pelo perfil dinâmico da unidade e pelo fato de a Farmácia Central ser afastada do setor. Isso gerava desgaste na equipe, principalmente em atendimentos de urgência”, comenta.

A localização da farmácia satélite junto às UTIs atende às especificidades do setor, considerado uma área crítica. “Possibilita agilidade na dispensação. Logo também estará fornecendo insumos com dispensação por paciente, trazendo benefícios como mais controle de estoque, otimização e rastreabilidade do material, além de a unidade poder contar com fornecimento 24 horas”, complementa Luana.

Para a enfermeira-chefe da UTI Neonatal, Maristela Maria Cardoso, a redução no tempo de deslocamento pelos profissionais e a agilidade no processo de dispensação são as principais vantagens da farmácia satélite.

465

A gerente de Enfermagem, Kênia Rosa, destaca os benefícios tanto para a equipe quanto para o hospital como um todo. “A Enfermagem tem mais tempo para se dedicar à assistência, além de diminuir o desperdício de materiais. Há mais atenção às datas de validade e o rastreamento facilita o trabalho”, avalia.

Até então, o HIJG possuía apenas uma farmácia satélite, a do Centro Cirúrgico, e ainda nesse segundo semestre chegará a três. “Nosso próximo objetivo é a farmácia satélite da Emergência. Com certeza será o maior desafio, mas que trará um grande benefício para o trabalho e para comunicação assistencial dentro do hospital”, frisa o diretor, que também é farmacêutico.

A Divisão de Tecnologia da Informação do HIJG é a responsável pelo processo de implantação da dispensação eletrônica por paciente, junto com os serviços envolvidos, incluindo a realização de treinamento das equipes e a configuração do sistema de gestão hospitalar.

.

.

Mais informações para a imprensa:
Bruna Borges
Comunicação Social HIJG
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99913-0316
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
www.saude.sc.gov.br