icone facebookTwitterInstagram

O Programa de Micoses Sistêmicas do Ministério da Saúde disponibiliza o Complexo Lipídico de Anfotericina B e o Itraconazol para pacientes portadores de micoses sistêmicas endêmicas e algumas oportunistas; eventualmente para formas graves das subcutâneas, não portadores do vírus HIV.

Da mesma forma não são disponibilizados para instituições privadas, apenas para instituições exclusivamente públicas (SES, SMS, Hospitais Universitários Públicos).

A solicitação é feita em Ficha específica de solicitação de antifúngicos, a qual deverá ser completamente preenchida.

Juntamente com a ficha, deverão ser encaminhados o laudo comprobatório de infecção fúngica e da sorologia para HIV para o e-mail micosessistemicas@saude.gov.br.

Para acesso aos documentos exigidos pelo Ministério da Saúde (Ficha de solicitação e maiores informações)   folder CLIQUE AQUI!

O Ministério da Saúde informa que não libera medicamentos para tratamentos empíricos,apenas para infecções fúngicas confirmadas.

A Instituição deverá ser cadastrada junto ao SIES. Para isso, é necessário enviar nome completo da Instituição, CNES, CNPJ e endereço completo.

A solicitação dos medicamentos para micoses sistêmicas e seu recebimento é por via direta, do município ou hospital do SUS para o MS. A SES/SC não possui gestão sobre este fluxo.

Importante! A Diretoria de Assistência Farmacêutica salienta que, portadores de HIV não entram no fluxo acima, pois há pactuação para aquisição de anfotericina comprada pela SES/SC (Deliberação 207 CIB/2016) e disponibilizada via Unidade Dispensadora de Medicamentos Antirretrovirais.