icone facebookTwitterInstagram

O Projeto Ver realiza mais um mutirão de cirurgias de catarata em Santa Catarina durante essa semana. Cerca de 1200 pacientes de 28 municípios da região do Alto Vale do Itajaí estão realizando o procedimento no Hospital de Pouso Redondo. O mutirão, promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, teve início no último domingo, 10, e prossegue até segunda-feira, 18.

De acordo com o diretor do Hospital Annegret Neitzke, Carlos Zanella, apenas em Pouso Redondo estão sendo realizadas cerca de 80 cirurgias por dia. “Essa ação que o Governo do Estado está promovendo é fantástica. A cirurgia é simples e busca devolver a visão à milhares de pessoas”, disse. “Para nós, do hospital, foi muito importante participar desse projeto”.

O secretário de Estado da Saúde, Acélio Casagrande, afirmou que o Projeto Ver continua em outras regiões e tem o objetivo de zerar as filas por cirurgias de catarata em Santa Catarina. “Nosso Projeto Ver contuinua a toda velocidade. Atendemos pessoas que estavam há anos aguardando uma cirurgia, algumas delas, inclusive, voltaram a enxergar após o procedimento”, destacou o secretário, acrescentando que os pacientes ainda realizam exames para detectar outras doenças oculares. “Quero cumprimentar a equipe que está atendendo em Pouso Redondo. Vamos continuar com o nosso compromisso de regionalizar a Saúde, diminuindo filas e ambulâncias nas estradas”.

A catarata é responsável por 20 milhões de cegos no mundo, sendo 350 mil no Brasil. A doençaocorre devido um processo de opacificação do cristalino, uma lente natural dos olhos localizada atrás da íris. Com o aparecimento da catarata, o cristalino se torna opaco, impossibilitando a passagem dos raios luminosos que formam a imagem no fundo do olho.

O único tratamento eficaz para a catarata é a cirurgia. Não há colírios ou óculos que eliminem a doença. No entanto, a perda de visão é reversível com a cirurgia, que é um procedimento simples e rápido, com anestesia local.

Em Santa Catarina, o Projeto Ver já atendeu mais de 9 mil pessoas com os mutirões de cirurgias de catarata. Ainda está previsto para os próximos meses um mutirão para os moradores da macrorregião da Grande Florianópolis.

cpa projeto ver.jpeg

Foto: Divulgação