icone facebookTwitterInstagram

Florianópolis, 29 de novembro de 2016

O governador Raimundo Colombo decretou luto oficial de três dias no Estado de Santa Catarina em razão da tragédia ocorrida com a delegação da Associação Chapecoense de Futebol, na Colômbia. No acidente morreram pelo menos 70 pessoas. O avião levava a equipe de Chapecó para Medellín, onde disputaria a final da Copa Sul Americana contra o Atlético Nacional.

Consternado, Colombo lembrou que a Chapecoense, além de levar o nome de Chapecó e de Santa Catarina para todo o Brasil e a América Latina, estava fazendo história ao ser o primeiro clube catarinense a disputar a final de uma competição internacional. O governador manifestou solidariedade aos familiares dos jogadores, dirigentes e jornalistas, que estavam na delegação, e aos torcedores da Chapecoense neste momento de muita dor para o esporte de Santa Catarina e do Brasil.

O presidente Michel Temer telefonou às 8h15min para governador Raimundo Colombo prestando solidariedade pela tragédia ocorrida com a delegação da Chapecoense. Temer informou que um avião da FAB irá para Chapecó de onde transportará familiares dos jogadores, comissão técnica, dirigentes e de jornalistas para a Colômbia para a identificação dos mortos.

O secretário de Estado da Saúde, João Paulo Kleinübing, também lamentou o desastre ocorrido com o avião que transportava o time da Chapecoense. "Um time bravo, guerreiro, conquistador e autor de façanhas históricas que muito bem representava o espírito do Índio Condá e do povo oestino. O Verdão vivia um grande momento, motivo de muito orgulho a Chapecó, ao Oeste e a Santa Catarina. Vivemos um dia muito triste para Santa Catarina, especialmente para os chapecoenses, e para o esporte mundial. Uma data que ficará marcada na vida de todos nós. Meus sentimentos e pesar para as famílias, amigos e torcedores desses jogadores e integrantes da comissão técnica; aos dirigentes e jornalistas que acompanhavam mais esta missão da Chapecoense, e também para a tripulação da aeronave.

A Secretaria Estadual de Saúde, em nome de toda sua equipe, deseja força, luz e coragem aos familiares dos tripulantes, jogadores, comissão técnica e jornalistas para que enfrentem esse momento difícil. Toda solidariedade aos sobreviventes e a cada torcedor do time.