icone facebookTwitterInstagram

Florianópolis, 18 de novembro de 2016

O Dia Mundial da Prematuridade foi lembrado nessa quinta-feira, 17, em diversos países, com o objetivo de divulgar informações e promover medidas de conscientização sobre os riscos e as possíveis causas da concepção antes do período de 37 semanas de gestação. Para celebrar a data, a Maternidade Carmela Dutra realizou no último sábado, 12, o Piquenique dos Prematuros. O evento foi realizado no estacionamento da instituiçãocom a participação de crianças que nasceram prematuramente na maternidade. Teve muita diversão, lanches e recreação.

"No ano de 2015 foram internados na maternidade 252 recém-nascidos com peso ao nascimento inferior a 1,500kg , o que representa um aumento de 13% em relação a 2014. Nossa sobrevida foi de 94% entre os que pesaram entre 1,001-1,250kg, e de 100% entre aqueles pesando entre 1,251 e 1,500kg",explica Lissandra Mafra Andújar, chefe da UTI Neonatal da Maternidade Carmela Dutra e uma das organizadoras do encontro.

Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), os nascimentos prematuros são responsáveis por quase metade das mortes de recém-nascidos no mundo. O Brasil é o 10º país do mundo em números de recém-nascidos prematuros e o 16º em número de óbitos decorrentes de complicações da prematuridade. "O nascimento de um número cada vez maior de prematuros e de prematuros cada vez mais extremos, requer uma estrutura adequada e uma equipe de profissionais capacitada para que estas crianças sobrevivam e tenham boa qualidade de vida", destaca a médica.

Devido ao grande número de bebês que nascem prematuros na Maternidade Carmela Dutra todos os anos, a organização do encontro convidou somente crianças que nasceram entre 2013 e 2015 antes de completarem 34 semanas de gestação, considerado um grupo de risco, já que os órgãos do bebê ainda não estão maduros o suficiente para que ele deixe o útero da mãe. Cerca de 50 pessoas, entre familiares e funcionários da maternidade, compareceram ao local para celebrar a vitória dos ex-prematuros.