icone facebookTwitterInstagram

O Hospital Materno-Infantil Santa Catarina, de Criciúma, e o curso de Medicina da Universidade do Extremo-Sul Catarinense (Unesc) estão com inscrições abertas até esta segunda-feira, 17, para processo seletivo de admissão aos programas de residência médica, desenvolvidos a partir de março. O hospital é administrado pelo Instituto de Desenvolvimento, Ensino e Assistência à Saúde (Ideas) em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Os programas oferecidos são para as áreas de Pediatria e de Obstetrícia/Ginecologia, ambos com duas vagas e duração prevista de três anos. No dia 20 de fevereiro será realizada a prova escrita (das 8h às 12h) e no período da tarde, a divulgação do gabarito. Para a segunda etapa, com avaliação curricular e entrevista, serão convocados os 10 primeiros classificados na prova escrita em cada especialidade, ou seja, 10 para Pediatria e 10 para Ginecologia e Obstetrícia. O início das atividades letivas está previsto para 2 de março.


Confira a íntegra do edital em

http://www.unesc.net/portal/resources/official_documents/18142.pdf?1581451639

A abertura de turmas de residentes no Hospital Santa Catarina foi motivo de comemoração na Hmisc e na Unesc. “O hospital ganha em qualidade e em credibilidade. E ainda tem a possibilidade de transformação em um hospital de ensino, vinculado também ao MEC, que ampliaria horizontes para o hospital e para o Ideas, que passa a ter uma unidade inserida no âmbito da pesquisa e da extensão, invés de mera prestação de serviços”, observou o pediatra e diretor clínico do Hmisc, Leon Iotti. “A aprovação destes programas de residência médica em ginecologia e obstetrícia e em pediatria qualificará sobremaneira esta área em nossa região”, comentou a reitora Luciane Bisognin Ceretta.

A coordenadora do curso de Medicina da Unesc, Maria Inês da Rosa, também comemorou a conquista. “Este desafio vem abrir o ano letivo com novas possibilidades de crescimento e construção de significativos conhecimentos em nível de especialização médica. No ano em que completa 20 anos, o curso de Medicina da Unesc inicia com mais um passo rumo à excelência em especialização médica e seu conceito máximo (nota 5) na avaliação do MEC”, comentou a coordenadora.


Projeto


O projeto foi submetido à análise da Comissão Estadual de Residência Médica de Santa Catarina em agosto de 2019 e posteriormente, à Comissão Nacional de Residência Médica, que seguindo o parecer avaliativo positivo dos avaliadores que visitaram o Hmisc e buscaram levantar as condições didático-pedagógicas para cumprimento dos requisitos necessários ao funcionamento de um bom programa de Residência Médica. A remuneração do médico residente será de R$ 3.330,43, conforme preconizado pelo Ministério da Saúde (MS) e Ministério da Educação (MEC) para os programas de residência médica, por um período de 36 meses, condicionada ao repasse dos valores pelo mesmo.


Até então, a Sianest, centro cirúrgico de Florianópolis que, desde 2011, com autorização do MEC e da Sociedade Brasileira de Anestesiologia também forma residentes, fornecia profissionais da área para o Hmisc em parceria com o Ideas. “A residência médica em Saúde da Família também fará parte desse contexto em futuro breve”, antecipou Leon Iotti.


Texto: Assessoria de Comunicação Ideas

Com apoio da Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing da Unesc