icone facebookTwitterInstagram

A tarde desta quarta-feira, 13, teve doses de emoção em Blumenau. O motivo: a homenagem feita pelo governador Carlos Moisés à técnica de enfermagem aposentada Kelly Cristina Dias. No dia 8 de fevereiro, Kelly foi a primeira paciente a ser beneficiada com o transporte de órgãos no helicóptero até então de uso privativo do governador. Dias antes, Moisés havia assinado a ordem de autorização de uso da aeronave para beneficiar os pacientes que esperam pelo transplante de órgão. No caso de Kelly, a espera por um coração já durava meses, e o órgão que a salvou veio de Brusque, pelos ares.

Nesta quarta-feira, no mesmo hospital Santa Isabel em que foi operada 33 dias atrás, Kelly recebeu um buquê de flores de Moisés, que se emocionou tanto quanto à técnica de enfermagem.

“A saúde sempre nos comove muito. No voo inaugural, houve essa possibilidade da Kelly receber um novo coração para continuar a vida, portanto é muito emocionante para a gente estar aqui nessa situação. Acabou que eu entreguei um buquê de flores para ela, mas talvez eu tenha me sentido muito mais emocionado e homenageado. Foi uma grata surpresa. Acredito que estamos no caminho certo”, afirmou Moisés.

Por sua vez, Kelly também agradeceu a Moisés por ter disponibilizado o helicóptero para o transporte de órgãos e fez um apelo: que as pessoas optem pela doação.

“Se não houvesse esse gesto de sensibilidade por parte do Governo do Estado, talvez hoje eu não estivesse mais aqui para contar essa história. A agilidade no transporte foi fundamental. E eu aproveito a oportunidade para pedir que todos optem pela doação. É um ato que salva vidas”, pediu.