icone facebookTwitterInstagram

A vacinação contra a febre amarela ainda está bem abaixo do esperado em Santa Catarina. Até o dia 15 de janeiro de 2019, apenas 10,6% da população catarinense que deveria se vacinar procurou os postos de saúde. Nas quatro primeiras etapas de ampliação, 216.905 pessoas de uma população estimada de 2.046.324 tomaram a vacina contra a febre amarela, segundo dados fornecidos pelos municípios.

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (DIVE/SC), vinculada à Superintendência de Vigilância em Saúde (SUV), explica que a ampliação da vacinação contra a febre amarela em Santa Catarina foi dividida em seis etapas, com início em setembro de 2018 e previsão de término em fevereiro de 2019, para facilitar o acesso da população à vacina e evitar a perda de doses - após abertura do frasco, a utilização da vacina deve ocorrer em até, no máximo, seis horas. Com a ampliação, além das unidades de referência, as doses da vacina contra febre amarela também passam a ser oferecidas nas unidades de saúde dos municípios.

Desde o segundo semestre de 2018, seguindo recomendação do Ministério da Saúde (MS), todo o estado se tornou Área com Recomendação de Vacinação (ACRV). Antes 162 municípios catarinenses já integravam a ACRV.

De acordo com a gerente de imunização da DIVE/SC, Lia Quaresma Coimbra, a vacina contra a febre amarela é indicada para todas as pessoas acima de 9 meses de idade. Idosos com mais de 60 anos devem procurar orientação médica. “É importante ressaltar que uma única dose da vacina é suficiente para ficar protegido contra a doença durante toda a vida”, afirma Coimbra.

Para cumprir o cronograma de ampliação, Santa Catarina tem recebido constantemente doses da vacina contra a febre amarela do MS. Só em 2019, foram 500 mil doses. Portanto, não há falta de doses da vacina.

No mês de janeiro, a ampliação ocorre em municípios da Grande Florianópolis e, a partir do mês de fevereiro, última etapa da ampliação, será a vez dos municípios do Litoral Sul e Sul de Santa Catarina.

Acesse aqui o boletim da Febre Amarela.