icone facebookTwitterInstagram

ORGANOGRAMA                        NÚCLEOS                          BIBLIOTECA                       CONTATOS

Atenção Primária à Saúde envolve ações que se relacionam com aspectos coletivos e individuais e visa resolver os problemas de saúde mais freqüentes e de maior relevância para a população. Ela deve ser a porta preferencial de entrada do cidadão no Sistema Único de Saúde, garantindo assim o seu acesso e os princípios de universalidade, integralidade e equidade da atenção.
A Estratégia Saúde da Família (ESF) é escolhida como reordenadora do modelo assistencial. Desde 1994, consolidando-se como ordenadora do sistema e coordenadora do cuidado, firmando-se como fundamental na estruturação das Redes de Atenção à Saúde.
A ESF busca concretizar os princípios de integralidade, universalidade e participação social, e constitui importante pilar para a ampliação do acesso, qualificação e reorientação das práticas sanitárias embasadas na promoção da saúde.
A Diretoria de Atenção Primária à Saúde (DAPS), diretamente subordinada à Superintendência de Planejamento e Gestão em Saúde (SUG) tem as seguintes atribuições:
I - Formular, implantar, implementar, coordenar, monitorar, avaliar políticas, programas e estratégias da Atenção Primária à Saúde (APS) no estado de Santa Catarina, em parcerias com as Gerencias regionais de saúde;
II – Desenvolver estratégias de educação permanente, para a ampliação do acesso e melhoria da qualidade da atenção em saúde;
III - Fortalecer a APS como ordenadora do sistema e porta de entrada preferencial do usuário, com enfoque na Estratégia Saúde da Família como estratégia prioritária de organização da rede de atenção à saúde;
IV - Desenvolver ações intersetoriais e interinstitucionais no desenvolvimento de políticas e ações em saúde;
V - Destinar recursos financeiros estaduais para compor o financiamento tripartite da APS, de modo regular e automático, prevendo o repasse fundo a fundo para custeio e investimento das ações e serviços;
VI - Participar de comitês, conselhos, comissões e Grupos de trabalho (intersetoriais e interinstitucionais).


MISSÃO
Coordenar ações para a organização da Rede de Atenção à Saúde, com o objetivo de ampliar o acesso e qualificação da Atenção Primária à Saúde, baseados nos princípios do SUS.


VISÃO
Ser reconhecida pela população catarinense como referência na ampliação do acesso e qualificação da Atenção Primária à Saúde, para a consolidação da Rede SUS.


VALORES
- Compromisso
- Ética
- Organização
- Transparência
- Resolutividade
- Cooperação
- Integração
- Inovação