icone facebookTwitterInstagram

Florianópolis, 20 de outubro de 2016

“AVC tem tratamento: vidas podem ser melhoradas com mais conscientização, acesso e ação”. Com esse tema, a Organização Mundial do AVC (WSO) abre a edição de 2016, que na Grande Florianópolis ocorrerá no período de 23 a 29 de Outubro. O evento será realizado em várias unidades hospitalares. Serão desenvolvidas atividades com o objetivo de conscientizar a população e os profissionais de saúde sobre a importância do reconhecimento inicial dos sinais do Acidente Vascular Cerebral (AVC) e o encaminhamento adequado do paciente para tratamento, investigação e reabilitação precoce.

 Em Florianópolis, o Hospital Governador Celso Ramos (HGCR), unidade hospitalar da Secretaria de Estado da Saúde (SES), é referência em AVC, dispondo de equipe especializada para atendimento do paciente acometido desta doença em sua fase aguda, realizando terapia trombolítica e trombectomia nos casos indicados, além de avaliação e investigação dos fatores de risco e causas do AVC, objetivando tratamento e prevenção de novos eventos.

A cada ano, 17 milhões de pessoas tem um AVC no mundo. Destas, 6,5 milhões morrem e 26 milhões ficam com incapacidade permanente. No Brasil, o AVC é principal causa de morte e incapacidade, com enorme impacto econômico e social, podendo ocorrer em qualquer idade, incluindo crianças.

“Estudos demonstram que o atendimento especializado em Unidade de AVC aumenta a chance de boa recuperação em 14%. O tratamento trombolítico amplia as chances de boa evolução em até 30% e a trombectomia mecânica aumenta as condições de independência em mais de 50%”, relata a médica neurologista Gladys Lentz Martins, chefe do Serviço de Neurologia e coordenadora do Ambulatório de Doenças Cerebrovasculares do Hospital Governador Celso Ramos.

Mas para o tratamento obter êxito, a médica destaca que os sinais de AVC precisam ser reconhecidos e o paciente encaminhado o mais rápido possível (menos de 3 horas) ao hospital para tratamento adequado.

“Apesar do AVC ser um problema médico bastante complexo, existem maneiras de reduzir significativamente o seu impacto. Por isso convocamos a todos (indivíduos, famílias, comunidades, profissionais de saúde e governos) para se juntar à luta contra o AVC. Vamos agir, conscientizar e lutar para um melhor acesso aos tratamentos do AVC”, complementa a neurologista Gladys Lentz Martins. 

 

CONSCIENTIZAÇÃO: O AVC pode acontecer com qualquer pessoa de qualquer idade. O AVC afeta a todos: sobreviventes, família, amigos, locais de trabalho e comunidades.

ACESSO: A identificação precoce dos sintomas de AVC e o tratamento médico de emergência em Unidade de AVC intensifica consideravelmente a recuperação.

AÇÃO: O AVC afeta a todos nós. Vamos agir, promover a conscientização e insistir na melhoria do acesso aos tratamentos do AVC.

 

PROGRAMAÇÃO SEMANA COMBATE AO AVC - GRANDE FLORIANÓPOLIS

23 de Outubro – Abertura: Campanha Nacional de Combate ao AVC 2016 – Horário: 15:00h

Caminhada de Combate ao AVC – Local: Parque de Coqueiros – encontro na Brinquedoteca

Coordenação: Viviane da Rosa e Dra. Gladys Lentz Martins


24 de Outubro - Palestra
: O AVC é uma doença grave que tem tratamento – Dra. Olga Francis Chagas

Local: CEFID- UDESC (Sala 8)– Horário: 14:00h – Público-alvo: pacientes e familiares

Distribuição de material informativo

Coordenação: Ft. Júlia Garzim e Ft. Karine Külkamp


25 de Outubro – Palestra:
O AVC é uma doença grave que tem tratamento – Dr. Érico Brea Winckler

Local: Ambulatório Geral (térreo) do Hospital Regional de São José – Horário: 14:30h – Público-alvo: pacientes e familiares

Distribuição de material informativo

Coordenação: Ft. Beatriz Rangel


26 de Outubro – Palestra:
O AVC é uma doença grave que tem tratamento – Dra. Gladys Lentz Martins

Local: Sala de treinamento do Hospital Governador Celso Ramos - Horário: 16:00h

Público-alvo: funcionários e profissionais da saúde

Distribuição de material informativo – Apoio: Residentes de Neurologia do HGCR


27 de Outubro – Palestra:
AVC – Sinais e Sintomas - Horário: 09:00h – Local: CCR – Ft. Letícia Rodrigues

Público-alvo: Grupo cuidar de quem cuida do Centro Catarinense de Reabilitação

Distribuição de material informativo – Apoio: Acads. 10ª fase de Fisioterapia da UDESC


27 de Outubro - Palestra
: O AVC: o que é? Como evitar? Como tratar?

Dra. Luciane Ramos Perez Silveira e Dra. Mariana dos Santos Lunardi

Local: Auditório do Hospital Universitário – Horário: 15:00h

Público-alvo: funcionários e pacientes / Distribuição de material informativo

Apoio: Liga Acadêmica de Neurologia e Neurocirurgia


27 de Outubro –
Distribuição de material informativo nos ambulatórios do Hospital Governador Celso Ramos,

do HEMOSC e Maternidade Carmela Dutra – a partir das 15:30h

Apoio: Acads. 8ª fase de Fisioterapia da UDESC

 

29 de Outubro – Caminhada de combate ao AVC – Beira-mar de São José, ao lado da Fund. Mun. de Esportes

Coordenação: Ft. André de Souza Rocha e Ft. Caroline Martins Rocha

Horário: 9:00 – 12:00h - Distribuição de material informativo e Aferição de Pressão Arterial

Apoio IES: Curso de Fisioterapia e Educação Física

29 de Outubro - Estande na Farmácia Raia – Rua São Jorge (Centro) - Horário: 10:30h

Distribuição de Material informativo

Aferição de Pressão Arterial

altalt