icone facebookTwitterInstagram

 Florianópolis, 18 de dezembro de 2015

O secretário de Estado da Saúde, João Paulo Kleinübing, assinou na sexta-feira (11) à tarde, em ato realizado na Câmara de Vereadores de Blumenau, o edital para compra do helicóptero Arcanjo3. A abertura das propostas está prevista para 11 de janeiro, com prazo de 90 dias para início das operações com a nova aeronave. “Neste período não vamos deixar Blumenau e o Vale do Itajaí sem atendimento do Arcanjo”, ressaltou o secretário Kleinübing.

Clique aqui e acompanhe a história de um resgate 

 Um dos atendimentos mais emocionantes foi realizado dia 22 de outubro, quando a cidade de Rio do Sul foi atingida por uma enchente e a menina Jade, de apenas sete meses, sentia forte dores em sua casa no Bairro Taboão. A barriga da criança inchou repentinamente e, mesmo com dificuldades, os médicos conseguiram identificar o problema de Jade. Ela estava com volvo Intestinal, uma torção de uma alça do intestino que produz obstrução. A recomendação era procurar um especialista no Hospital Infantil Joana de Gusmão em Florianópolis, mas a família não conseguia sair da cidade, que estava.  A solução para a família surgiu quando o Arcanjo apareceu e resgatou a pequena Jade, que hoje está em casa e bem. "Foi por Deus. Em meia hora, o Arcanjo conseguiu chegar aqui...", recorda Deizi Peixer Hoffmann, mãe da menina. "Eles fizeram toda a diferença, o atendimento foi emocionante, eles trataram a Jade com muito carinho...", observou.

O helicóptero Arcanjo de resgate aeromédico especializado é resultado de uma parceria entre Bombeiros Militares e Secretaria de Estado da Saúde por meio do Samu. No Estado são três aeronaves, sendo dois helicópteros  - 1 em na Capital e outro em Blumenau - e um avião também baseado na em Florianópolis.

Pelo edital assinado nesta sexta-feira, a aeronave deverá ter, no mínimo,  seis assentos contando os destinados à tripulação, capacidade de comportar ao menos uma maca transversal ou longitudinal com comprimento mínimo de 1,65 m (um metro e sessenta e cinco centímetros), com portas fechadas e sem a remoção dos bancos do piloto e co-piloto e capacidade de carga externa superior a 600 quilos, entre outros itens.

Também participaram do ato desta sexta-feira em Blumenau o coronel Onir Mocellin, comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar; o secretário de Desenvolvimento Regional, Cássio Quadros; o prefeito Napoleão Bernardes, os deputados estaduais Jean Kuhlmann e Ismael dos Santos e vereadores e secretários municipais.