icone facebookTwitterInstagram

Florianópolis, 16 de dezembro de 2015

Um dos acidentes mais doloridos para as vítimas e difíceis de tratar é a queimadura. Ninguém está livre desse sofrimento, mas quando ele acontece, é necessário um tratamento especial com equipes médica e de enfermagem altamente qualificada. E no período de festas de final de ano aumentam os acidentes provocados por fogos de artifícios. Santa Catarina conta com três instituições públicas que integram a rede de hospitais da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e são referência no tratamento de queimados.

Os casos envolvendo crianças são atendidos no Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis, e no Hospital Infantil Jeser Amarante Faria, em Joinville. Já os pacientes adultos são direcionados para a Unidade de Terapia de Queimados (UTQ) do Hospital Tereza Ramos, em Lages.

Os registros dos hospitais indicam que a maioria dos casos está relacionada a queimaduras com álcool, combustível automotivo e fogo, geralmente causadas por tentativas de homicídio e suicídio. Também são comuns os acidentes domésticos com água fervente e óleo de cozinha, os casos casos típicos das festas de fim de ano e períodos de férias envolvendo fogos de artifício e incêndios em churrasqueiras, além de acidentes de trabalho com placas quentes, óleo de motores, caldeiras e descargas elétricas.

Orientações

As queimaduras são classificadas em primeiro grau (superficial), segundo grau (parcial) e terceiro grau (em toda a espessura).

Queimaduras de primeiro grau

- Vermelhidão de pele

- A pele fica branca quando o local da queimadura é pressionado

- Não há formação de bolhas (flictenas)

- Ardor e aumento da sensibilidade durante dois dias

- Possível perda de pele num período de três a sete dias

Queimaduras de segundo grau
-
Formação de bolhas

- Ardor intenso

- Área queimada sensível ao frio e ao vento

Queimaduras de terceiro grau

- Destruição da pele

- Cor variável (branca, vermelha, preta)

- Superfície seca

- Exposição do tecido gorduroso

- Dor ligeira, pois as terminações nervosas estão destruídas

Primeiros socorros (queimaduras de primeiro e segundo grau)

- Remova a fonte de calor abafando com pano se houver chama ou jogando água

- Use água, pois é necessário resfriar o local

- Proteja a área queimada com gaze, lenço ou pano limpo

- Leve o paciente para atendimento médico

Primeiros socorros (queimaduras de terceiro grau)

- Remova a fonte de calor

- Procure imediatamente atendimento médico

- Nunca fazer em casos de queimaduras

- Não passar creme dental, pomada, ovo, manteiga, óleo de cozinha, gelo ou qualquer coisa que não seja água fria no local da queimadura

- Não furar a bolha

- Não retirar a pele morta

- Não arrancar a roupa grudada à área queimada

- Não apertar o ferimento.