icone facebookTwitterInstagram

Chapecó, 15 de dezembro de 2015

O secretário de Estado da Saúde João Kleinubing e o superintendente de Vigilância em Saúde, Fábio Gaudenzi, participaram na manhã desta terça-feira, 15, em Chapecó, de uma reunião com prefeitos e secretários de saúde dos 37 municípios das Secretarias de Desenvolvimento Regional de Chapecó, Palmitos, Maravilha e São Lourenço. O objetivo do encontro foi discutir estratégias de combate ao mosquito Aedes aegypti. Treze destes municípios estão infestados pelo mosquito, e outros 13 apresentam situação de alto risco de infestação.

O encontro ocorreu às 11 horas, no auditório da Secretaria de Desenvolvimento Regional de Chapecó, localizada na rua Nereu Ramos, centro da cidade. Participaram da reunião o diretor da Vigilância Epidemiológica (DIVE) Eduardo Macário, a gerente de Zoonoses da DIVE, Suzana Zeccer, e o coordenador do Programa de Controle da Dengue em Santa Catarina, João Fuck, também da Gerência de Zoonoses.

"Esperamos sensibilizar toda a macrorregião para as estratégias de combate ao mosquito Aedes aegypti e obter o comprometimento de todos para as ações de controle dos focos", destacou Cassiana Telles do Nascimento, gerente Regional de Saúde de Chapecó.

No início desta semana, a Secretaria de Estado da Saúde divulgou Nota Técnica (Nota Técnica Conjunta SUG/SUH/SUR/SUV nº 01/DEZ 2015 Fluxos de Assistência e Vigilância frente a Casos de Microcefalia relacionados à infecção pelo vírus Zika em Santa Catarinacom condutas para serem adotadas nos casos de microcefalias relacionados à infecção pelo vírus Zika em Santa Catarina.

O documento, assinado em conjunto pelas superintendências de Planejamento e Gestão (SUG), de Hospitais (SUH), de Regulação (SUR) e de Vigilância (SUV), foi elaborado de acordo com as orientações da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (MS) diante da atual situação epidemiológica da microcefalia no país. O formulário de registro de microcefalia deve ser impresso e preenchido. Posteriormente, os dados serão enviados ao sistema pelo Notifique Aqui do hotsite www.dive.sc.gov.br/microcefalia.