icone facebookTwitterInstagram

Rio de Janeiro, 28 de novembro de 2014

Pesquisas recentes realizadas em todo o país revelam que a saúde tem sido apontada como prioridade e também motivo de preocupação da população brasileira. Com base nesses indicadores, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), em parceria com o Canal Saúde, da Fundação Oswaldo Cruz, abriu na manhã desta sexta-feira, 28, no Rio de Janeiro, o Conass Debate – Que saúde você vê?

A secretária de Estado da Saúde, Tânia Eberhardt, participa do evento, realizado no Museu da Vida, na Tenda da Fiocruz, em Manguinhos. “O seminário é importante porque permite a discussão do papel da comunicação e as formas como as imagens da saúde pública são apresentadas pela mídia”, destaca a secretária Tânia Eberhardt.

O seminário tem o formato de um programa televisivo, e permite a interação tanto da plateia quanto dos internautas, que podem acompanhar o evento em tempo real pelos endereços: www.conass.org.br/conassdebate e www.canalsaude.fiocruz.br

Além dos secretários estaduais de saúde e de suas equipes de comunicação, o seminário conta também com a participação de comunicadores da saúde e profissionais da mídia. Entre os convidados estão Cláudia Colucci, repórter da Folha de São Paulo, Inesita Araújo, pesquisadora da Fiocruz, Fabiane Leite, produtora dos programas de saúde da Rede Globo e Murilo César Ramos, pesquisador da Universidade de Brasília (UnB). Os debates têm como mediador o apresentador do Canal Saúde, Renato Farias.

A expectativa do Conass e do Canal Saúde é uma reflexão ampla sobre as formas como a saúde, tanto pública como privada, é comunicada e compreendida pela sociedade brasileira. Imagem do SUS na mídia, relação entre gestores de saúde e imprensa, cenário político da comunicação no Brasil e seus impactos sobre a saúde brasileira estão na pauta dos assuntos a serem debatidos.