icone facebookTwitterInstagram

A Secretaria de Estado da Saúde obteve 39 novos alvarás sanitários setoriais, em 2019, para as unidades hospitalares que integram a rede estadual. O resultado está relacionado à criação de uma política pela gestão atual, através da Superintendência de Hospitais Públicos (SUH), além do trabalho e foco nas ações de segurança dos pacientes.

Unidades como o Hospital Infantil Joana de Gusmão, Instituto de Psiquiatria, Instituto de Anatomia Patológica, Maternidade Dona Catarina Kuss e Maternidade Darcy Vargas (MDV) conseguiram o alvará sanitário geral do hospital. No caso da MDV, de Joinville, o documento - que engloba todos os alvarás sanitários necessários junto a entidades reguladoras – foi obtido na última semana de novembro e representa o fim de onze anos de espera.

                                                                                       Foto: Divulgação

Entre as conquistas estão alvarás sanitários setoriais do ambulatório e do setor de endoscopia do Hospital Governador Celso Ramos. Vários alvarás também foram obtidos pelo Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis (Alvará Geral, Ambulatório médico, Hospital Dia, Radiologia médica, Banco de Leite, Quimioterapia) e pelo Hospital Hans Dietter Schmidt, de Jonville (Geral, Serviço de Nutrição Enteral, refeitório, hemodiálise, centro de radiologia intervencionista, lavanderia, farmácia e UTI).

O secretário da Saúde, Helton de Souza Zeferino, destaca que a regularização das unidades hospitalares é um dos principais objetivos da pasta. “Neste ano foi estabelecido que uma das metas principais da atual gestão para os hospitais sob gestão direta do estado seria focar no trabalho para a emissão de alvarás sanitários necessários e a busca pela regularização de todas as unidades em relação às normas de segurança contra incêndio”, destacou. “Quem ganha com isso são nossos pacientes que passam a ser atendidos em uma unidade hospitalar integralmente ajustada às normas sanitárias e de segurança”, complementa.

A diretora da Maternidade Darcy Vargas, Vera Lúcia Freitas, destacou que o apoio da SUH foi fundamental para o fim de uma espera de mais de uma década pelo alvará. “Contamos com apoio da SES para adequação de áreas físicas e nossos servidores das coordenações passaram a fiscalizar as situações mais de perto”, disse a diretora.

O superintendente de Hospitais Públicos, Daniel Yared Forte, destacou que as unidades hospitalares têm recebido apoio da SES para a realização de todas as ações necessárias à obtenção de alvarás e cumprimento de normas de segurança.