icone facebookTwitterInstagram

Aplicativo criado pelo Ministério da Saúde (MS) permite que secretários de saúde de todos os municípios possam acompanhar em tempo real o andamento de propostas relacionadas a obras ou custeio de serviços de saúde em seus municípios, financiados pelo Governo Federal. O aplicativo InvestSUS foi lançado há dois meses e já conta com 3 mil downloads.

A ferramenta é gratuita e pode ser acessada por meio de smartphones. Desta forma, a informação estará disponível aos gestores do Sistema Único de Saúde (SUS) para consulta a qualquer momento. A iniciativa do MS é pioneira no setor público e confere mais facilidade e transparência na visualização dos repasses de recursos.

A ferramenta possibilita, de forma interativa, uma visão geral das informações, por meio de gráficos e recursos geográficos. Em poucos cliques, o gestor consegue visualizar, por exemplo, os valores repassados por meio dos blocos de financiamento da saúde organizados por dia, mês e ano. Pode visualizar ainda a tramitação das propostas cadastradas, por exemplo, para construção de novas unidades de saúde ou compra de equipamentos, incluindo pareceres técnicos, empenhos e o pagamento. Também podem acompanhar os saldos ainda disponíveis nas contas bancárias a partir de repasses efetuados pelo MS.

A maior celeridade nos processos na tramitação de propostas é possível porque o aplicativo notifica os gestores do SUS quando as propostas cadastradas por eles passam de uma etapa para outra. Desta forma, os secretários estaduais e municipais de saúde não perdem nenhum prazo caso haja necessidade de complementação, além de evitar a necessidade de terem que ir pessoalmente ao MS saber da situação das propostas.

O aplicativo pode ser baixado nas versões Android e IOS. Seguindo a diretriz da descentralização das informações, as próximas versões do InvestSUS contemplarão melhorias como a caixa de mensagens – uma espécie de chat a fim de possibilitar um canal de atendimento direto com o MS – e um módulo direcionado para consulta pelo cidadão das principais ações de saúde que estão em execução com recursos federais na sua cidade.

@Com informações do Ministério da Saúde