icone facebookTwitterInstagram

O banco de leite humano do Hospital Materno-Infantil Santa Catarina (HMISC), de Criciúma, passará a operar a partir desta quinta-feira, 15. Batizado de Banco de Leite Humano Dr. Dino Gorini, em homenagem ao primeiro médico obstetra da instituição, a estrutura terá capacidade para armazenar até 190 litros de leite.

site Reduzida.jpg

                                                                  Fotos : Marilene Rodrigues assessoria HMISC

Após o congelamento, o leite cru poderá ficar armazenado por até 15 dias. O leite da mãe doadora será recolhido em casa pelo banco de leite em temperatura controlada para, após entrada na unidade, iniciar as análises de controle do líquido doado. A unidade integrará a Rede Brasileira de Leite Humano, composta por mais de 220 unidades.

O Hospital Materno-Infantil Santa Catarina, administrado pelo Instituto de Desenvolvimento, Ensino e Assistência à Saúde (Ideas), faz atendimento 100% pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e integra a rede de unidades hospitalares da Secretaria de Estado de Saúde. Atualmente, Santa Catarina possui 13 bancos de leite humano.