icone facebookTwitterInstagram

O Hospital Regional de São José Dr. Homero de Miranda Gomes (HRSJ) realizou sua primeira Hepatectomia Laparoscópica. A cirurgia por vídeo, inédita na unidade vinculada à Secretaria de Estado da Saúde (SES), foi realizada pelos médicos cirurgiões Luiz Henrique Rezende Pacheco e Marcelo Araújo Vieira Ângelo.

 2a.jpg

Foto: Divulgação

De acordo com as informações do cirurgião Luiz Henrique, os benefícios da hepatectomia ou ressecção hepática laparoscópica incluem diminuição das complicações relativas às incisões cirúrgicas, tendo em vista que são muito menores que as tradicionais. “O paciente apresenta um quadro com menos dor, pois não há comprometimento de musculatura”, explica. “Além disso, a recuperação é mais rápida e em consequência existe um menor tempo de internação hospitalar”.

A paciente Cláudia Regina Matias, 41 anos, moradora de São José, sofria com problemas no fígado há mais de um ano. O procedimento foi realizado com sucesso e ela teve alta hospitalar dois dias após a cirurgia. "Para mim foi tudo muito bom. Não precisei de sangue e nem de UTI. Logo depois fui para o quarto e em dois eu já estava em casa", conta Cláudia.

As hepatectomias são realizadas para tratamento de tumores primários e metástases hepáticas. Na maior parte das vezes, é realizada por via aberta, através de uma incisão na parte superior do abdômen, acompanhando a curvatura do arco costal direito.

A Direção do Hospital Regional de São José destaca que a hepatectomia laparoscópica foi realizada devido à compra de materiais específicos para a cirurgia, lançados recentemente no mercado hospitalar.