icone facebookTwitterInstagram

A próxima segunda-feira, 18, representa mais um passo importante para o Centro de Pesquisas Oncológicas (Cepon), em Florianópolis. Esta data marca o início das cirurgias de alta complexidade no novo centro cirúrgico da unidade.

Sete cirurgias serão realizadas em pacientes com câncer, sendo quatro pela manhã, a partir das 7h, e outras três no período da tarde. A nova unidade abriga quatro salas de cirurgia, 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), cinco leitos de recuperação pós-anestésica, 18 leitos de internação pós-operatória, além de uma Central de Materiais Esterilizados (CME).

“O início das atividades do centro cirúrgico e da UTI é um avanço. A partir de agora, nossos pacientes com diagnóstico de câncer não terão que procurar outros hospitais da rede, tudo será feito no próprio Cepon, com especialistas na área oncológica, permitindo mais comodidade e melhor atendimento”, explica Maria Tereza Schoeller, diretora do Cepon.

Redução no tempo de espera

Até o fim do ano, o Cepon realizará mais 200 cirurgias por mês no novo centro. Isso significa mais que o dobro da capacidade atual, com 150 procedimentos ao mês, de média e baixa complexidade.

Além de reduzir o tempo de espera para a realização das cirurgias oncológicas, o novo centro cirúrgico do Cepon também contribuirá para melhorar o serviço prestado em outras unidades, como o Hospital Celso Ramos, o Regional de São José, o Hospital Universitário e a Maternidade Carmela Dutra.